Resultado de imagem para foto de dragão

Continuando com Helena, voando da Índia em direção a um ponto mais próximo para abastecer o helicóptero...

Depois de um bom tempo voando,o helicóptero estava acabando o combustível. Sean parou o helicóptero onde parecia ser um lugar deserto, foi até a parte de trás do helicóptero onde tinha um compartimento, pegou o que parecia ser algum tipo futurístico de combustível(células de energia), e inseriu em um lugar onde iria o combustível, mas em vez de um tubo, há um receptor para células de energia, com uma garra que pinça a célula e direciona para o interior do helicóptero.
Sean voltou a pilotar o helicóptero, eu estava de coo-pilota em quanto que minhas clones que vieram junto comigo estavam na parte de trás do helicóptero. Depois de horas de voo eu decidi perguntar:
- Você realmente é da SEAL? por que diabos o governo americano teria te mandado para me resgatar? e desde quando o exercito usa um helicóptero do futuro?
-Dá para parar de falar um segundo, eu fui enviado para te mandar para a Irlanda do Norte, e não resgatá-la, e não, não sou da SEAL, e não devo dizer nada sobre mim à você....
Ouve-se um barulho no lado de fora do helicóptero. Quando eu olho pela janela, 2 criaturas bizarras, meio mulher e meio águia estavam do lado de fora trombando contra o helicóptero.

-HARPIAS - disse Sean desesperado enquanto aumentava a velocidade do helicóptero

-O que podemos fazer?- disse eu

-Abre o baú aí atrás, contém muitos fuzis, espero que você e suas clones saibam atirar.

- deixe conosco.

É o que é mais estranho, um helicóptero com aparência militar movido a células de energia porém em vez de possuir armas de raio lazer e outras armas futuristas, possuía fuzis táticos usados pela Seal. Minhas clones pegaram os fuzis,  abrimos uma das portas de trás e começamos a atirar nas harpias que se aproximavam de nós. Até um tempo isso estava dando certo porém percebemos algo bem pior após as harpias recuarem: uma especia de réptil gigante escamoso alado, com espinho na calda, com vários chifres na cabeça e cospe fogo.

-DRAGÃAAAAAO- disse todos nós em uníssono.

 Sua pele era um verde esmeralda, era 2 vezes mais longo que um elefante africano, sendo muito maior que o helicóptero. A criatura simplesmente investiu com a lateral de seu corpo contra o helicóptero o desestabilizando, derrubando 2 de minhas clones. Em seguida atiramos nele com tudo que tinhamos. Sean disparou misseis teleguiados na criatura, mas de nada serviu. Apenas o enfureceu ainda mais.

-FORMIGAS, PAREM. ISSO FAZ COSSEGAS, SUAS PESTES - grunhiu o dragão, investindo mais uma vez contra nós.

- NÓS VAMOS CAIR- berrou sean- PEGUEM OS PARA-QUEDAS. RÁPIDO.

- boa ideia aí ele pega um por um enquanto cai, bem inteligente, realmente você é da Seal.

Nessa hora eu tive a ideia mais estúpida o possível, consegui usar minha mutação para crescer até 2 metros de altura, e pulei contra a cabeça da besta quando ia investir pela terceira vez.

-ME LARGA, PARASITA, SAI DE MIM! VOU ESMAGAR VOCÊ!- gritou o dragão.

Desta forma o dragão acabou desviando a atenção para mim, que agora ja´estava montada em seu pescoço, segurando nos chifres como rédea.

-Por que você quer nos matar? você também é um de nós, uma cobaia. Para de lutar a favor de seus inimigos.

-Eu não tive escolha - disse o dragão- eu fui transformado nessa coisa gigante, além disso implantaram um chip em umas das escamas no meu pescoço, e de alguma forma foi retirado quando você subiu em mim.

-Mas então você foi forçado a nos atacar?

- todos nós fomos- disse ele.

- TODOS NÓS?

- Sim, todos nós.

Ele disse isso num tom horrorizado, e só depois eu fui notar que atrás de nós estava vindo mais uma duzia de dragões como ele.

- CONTINUA NO PRÓXIMO EPISÓDIO: A REVOADA.

3 comentários:

  1. Respostas
    1. agora que ela ta começando isso sim kkkkkkkkkkkkkkkk

      Excluir
  2. Estamos passando por uma repaginada no blog, e também temos que contar com compromissos pessoais, mas a série vai voltar a todo vapor!

    ResponderExcluir

Pages